Grupo4Aumentar o nº de Jovens em áreas das Engenharias e das Tecnologias

Vai realizar-se a 2ª reunião do Projeto de parceria, no âmbito do Programa Erasmus + – Ação Chave 2, intitulado ‘Engineer for the Future – Engine4F’, em Atenas, Grécia. Este projeto conta com 10 parceiros diferentes de seis países : AEVA, Universidade de Aveiro, Ordem dos Engenheiros, ITIS “E. Mattei”, Urbino, Itália, Pragma Engineering srl, Perugia, Itália, Tallinna Polütehnikum, Estónia, Politeknika Ikastegia Txorierri, Derio, Espanha, Apopsi Information Technology, Consulting & Training Services S.A., Piraeus, Grécia, EDEM – Greek Women’s Engineering Association, Atenas, Grécia e a universidade NUP – NEAPOLIS UNIVERSITY, de Pafos, Chipre, revelando-se uma parceria estratégica e forte.
Com este projeto, a parceria pretende promover e tornar mais atrativo o ensino e aprendizagem das disciplinas denominadas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) e chamar a atenção para a importância da Engenharia na vida da sociedade e do mundo, promovendo desafios e oportunidades de uma carreira na mesma área.

Este projeto foi, assim, pensado tendo em conta os seguintes aspetos:

  • A necessidade de engenheiros, tanto em Portugal como nos restantes Estados-Membros da União Europeia;
  • O aumento da procura de engenheiros constitui oportunidade de acesso ao emprego para um número crescente de jovens qualificados, num contexto que, como se sabe, tem vindo a caracterizar-se por elevados níveis de desemprego;
  • O número de alunos inscritos no ensino superior português nas áreas das engenharias não tem acompanhado o crescimento da procura no mercado por este tipo de profissionais;
  • Para contrariar a insuficiência do número de engenheiros relativamente à procura no mercado, tanto em Portugal como na União Europeia, torna-se necessário promover o gosto pelas engenharias em fases mais a montante do percurso escolar, nomeadamente nos primeiros anos em que os alunos começam a ganhar contacto com áreas mais laboratoriais e de experimentação,

Nesta segunda reunião, onde vai estar presente a técnica acompanhante do projeto da Agência Nacional Erasmus +, a parceria vai realizar o balanço do 1º ano e analisar as etapas seguintes.